Americano tem amnésia e passa a falar apenas sueco

Michael Boatwright foi encontrado em motel e dizia se chamar Johan Ek.
Homem está em hospital na Califórnia e não lembra nem do próprio filho.

16/07/2013 12h42- Atualizado em 16/07/2013 12h47
Da Associated Press

swedish
Michael Boatwright agora fala apenas sueco (Foto: AP)

Médicos na Califórnia estão cuidando do caso de um homem que foi achado insconsicente num motel e, quando acordou, não se lembrava de seu passado e, apesar de ser americano, só se comunicava em sueco.

Michael Boatwright, de 61 anos, acordou dizendo que se chama Johan Ek. Funcionários do hospital para o qual foi levado afirmam que ele possivelmente viajava pela região de Palm Springs para participar de um torneio de tênis, pois tinha uma bolsa com roupas esportivas e algumas raquetes.

Todos os documentos que tinha consigo o identificam como Michael Boatwright. Seu caso começou quatro meses atrás. Em março, os especialistas o diagnosticaram com amnésia global transitória, uma condição geralmente causada por trauma físico ou emocional, e que pode durar vários meses.

Por meio de investigações, foi possível localizar a irmã de Boatwright. Ela contou que o homem não dava notícia há dez anos. “Ele sempre foi um andarilho. Voltava quando precisava de dinheiro ou alguma outra coisa de alguém. Depois partia novamente”, contou.

Registros na Suécia indicam que Boatwright viveu por alguns períodos no país entre 1981 e 2003. Alguns suecos disseram conhecê-lo como um americano muito interessado em história medieval e justas (disputa entre dois cavaleiros com armaduras, que tentam mutuamente se derrubar dos seus cavalos).

“Ele era legal, simpático e tinha talento para lutar com armadura. Era um pouco reservado, talvez”, disse Olof Sahlin, um sueco que conheceu Boatwright em torneios de justa nos anos 1980. Sahlin informou que não sabe ao certo de que o americano vivia na Suécia, e a última vez que o viu foi em 1999.

Atualmente, Boatwright está sem dinheiro, o que pode complicar seu tratamento no hospital onde se encontra. Ele tem US$ 180 nos EUA. Além disso, possui algumas contas de banco na China, mas consegue acessar apenas uma delas, que tem US$ 7, segundo um jornal local.

O americano não se lembra do filho que tem, nem de suas duas ex-mulheres. “Às vezes me deixa realmente triste, e às vezes me deixa furioso toda essa situação de que não reconheço ninguém”, disse.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s