A sociedade é um inferno de salvadores

151744_one_eyeland_kiss_with_infinity_by_elena_vizerskaya

A Sociedade é um Inferno de Salvadores

Na era dos messiânicos, dos fanáticos, dos histéricos,
nada melhor do que lembrar de Emil Cioran, filósofo romeno, por ter escrito algumas coisas interessantes sobre a natureza humana.

Dizia ele, em Breviário da Decomposição:

“Um ser possuído por uma crença e que não procurasse comunicá-la aos outros é um, fenômeno estranho à terra, onde a obsessão da salvação torna a vida irrespirável. Olhe à sua volta: por toda parte larvas que pregam: cada instituição traduz uma missão; as prefeituras têm seu absoluto como os templos: a administração, com seus regulamentos – metafísica para uso dos macacos…. Todos se esforçam por remediar a vida de todos; aspiram a isso até os mendigos, inclusive os incuráveis: as calçadas do mundo e os hospitais transbordam de reformadores. A ânsia de tornar-se fonte de acontecimentos atua sobre cada uma como uma desordem mental ou uma maldição intencional. A sociedade é um inferno de salvadores”.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s